13 de abril de 2014

{Resenha #6} O Mago de Camelot - Marcelo Hipólito

Oi galera! Finalmente, hoje eu trago pra vocês a resenha de "O Mago de Camelot" do autor parceiro do blog. Conheçam a saga de Merlin para coroar um dragão!




Editora: Novo Século
Nº de Páginas: 151
Ano: 2013
Nota: 5/5

De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável, invejado e temido, Merlin,  é levado a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot.  Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago.
Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões –, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade.
A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e a guerra em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia.

O Mago de Camelot nos leva a um universo repleto de guerras, magias e conquistas. Essa nova versão da clássica história do Rei Artur conta a incrível saga de Merlin.
A narrativa começa com o rei Constantino e seus filhos (Aurelius e Uther) tentando impedir uma invasão saxônica.
Os herdeiros do rei apresentavam personalidades completamente diferentes. Aurelius exibia uma mente arguta e sagaz, superior à do próprio pai; enquanto Uther, era uma montanha de músculos e impetuosidade.
A irresponsabilidade, e a insensatez  fizeram com que Uther colocasse em risco a paz na Britânia , cobiçando a mulher de um de seus aliados. Com a ajuda de Merlin, ele consegue o que tanto deseja. Mas paga um preço por isso.
Mesmo que o livro seja focado principalmente no Mago Merlin, o leitor conhece histórias de outros personagens que se encaixam com o decorrer da trama.

Merlin é apresentado ainda jovem com seu irmão Nennuis. Juntos, eles enfrentam uma vida repleta de sofrimento que tem início em sua própria casa, com a sua mãe. O Destino do jovem tomou um novo rumo quando ele conheceu Blaise, o druida que viria ser o seu mestre.

"O futuro não está definido. Ele é fluido, incerto, moldado segundo nossas vontades."

Por conseguirem vislumbrar o futuro através de sacrifícios a Natureza, os druidas eram temidos por todos, até mesmo pelos reis, que sempre respeitavam e acreditavam no poder de suas revelações sobre o futuro.
Em meio a conflitos, traições e mortes O Mago de Camelot luta bravamente para coroar e proteger um dragão.

"Nossos atos trazem dentro de si mesmos as sementes de nossa própria ruína."

Esse livro me surpreendeu muito. Mesmo com poucas páginas o autor conseguiu criar uma história impactante. Adorei os cenários, e os personagens. Incrível!!
Recomendadíssimo!!

                                                                                                                                  Plínio Mendes

8 comentários:

  1. Oi Plinioo,
    Gostei da resenha, =)) Na verdade ameii.
    Minha mãe leu esse livro que consegui de parceria, e também gostou muito. Ainda não o li pois tenho outros na frente, mas espero poder ler, pois já vi varias opiniões positivas sobre ele...

    Abraços, Lê.
    #O Báu dos Melhores#

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Leandro!!
      Leia logo, é um livro incrível.

      Excluir
  2. Adoro quando os autores em poucas páginas criam histórias impactantes... Fora que é sobre o clássico Rei Artur! Adorei a resenha.

    Abraços, Lucas
    http://escondidosnolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lucas!
      Realmente, em poucas páginas o autor criou uma ótima historia!!

      Excluir
  3. Plinio <3
    Uau! Essa resenha realmente ficou muito boa.
    Eu não tive uma experiência muito boa com esse livro. Acho que é porque não estou acostumada com esse tipo de leitura.
    Amei os quotes que você selecionou e a forma como descreveu o livro.
    Agora estou com vontade de ler o livro novamente para tentar gostar tanto quanto você!
    Amei!
    Beijos
    Babbs
    Toca dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Barb <3
      Que bom que gostou. Releia, vale a pena!!
      Bjs

      Excluir
  4. Adoro ler resenhas em que o blogueiro curtiu o livro. Me sinto estimulando a ler também.
    Parabéns pela resenha e pelo blog ;)

    Abraços,
    Sérgio H.

    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sérgio!
      Obrigado. Curti bastante e recomendo!

      Excluir